Share Poll

Poll link

500 px
350 px
250 px
Preview

widget preview:

Width - px Height - px

Close preview
! You are using a non-supported browser Your browser version is not optimised for Toluna, we recommend that you install the latest version Upgrade
Our Privacy Notice governs your membership of our Influencer Panel, which you can access here. Our website uses cookies. Like in the offline world, cookies make things better. To learn more about the cookies we use, check out our Cookies policy.

MCG73

  3 months ago

De Lisboa ao Porto, com escala no Algarve.
Closed

Neste momento, devem achar que euzinha devo estar cheché mas não é o caso.

Não sabendo bem que nome dar ao título, foi o melhor que se pode arranjar, eheh.

E o que tenho para falar não tem nada a ver com viagens pelo nosso belo país. Já vão perceber! (Espero eu)

Então, passo a explicar com um exemplo. Imaginem alguém que precisa de uma consulta e decide ligar para a USF da sua área para fazer uma marcação.

Até aqui nada de mais, certo? Quem já não o fez?

Depois desse telefonema e respetiva marcação, um outro alguém pergunta:

-Já telefonaste? Quando é que tens consulta?

Se fosse eu, a minha resposta seria algo do tipo: "Sim, tenho consulta daqui a um mês, o médico parece que esteve de férias..." Direto e conciso.

Mas a resposta de algumas pessoas seria algo bem mais elaborado, quase um calhamaço, daí a ida ao Algarve a partir de Lisboa, só para chegar ao Porto, eheh.

Por exemplo: "Sim, telefonei. Tive que ligar 3 vezes até me atenderem. Sabes foi aquela funcionária muito simpática que atendeu, aquela de cabelo curtinho, escuro, sabes? Então, eu disse que queria marcar uma consulta e ela perguntou-me o nº de utente. Dei-lhe o número e ela esteve a ver e disse que estavam um bocadinho demoradas porque o médico tinha estado de férias e tal. Mas pronto, eu disse que não havia problema e que marcasse a consulta. Não sei lá para onde é que o médico foi de férias mas ela também não disse. Depois, desliguei e pronto, já marquei. Ainda falta um bocado mas vou ter que esperar. É só daqui a um mês."

Conhecem alguém assim? Que a uma simples pergunta de sim ou não respondem com uma longa-metragem?

Eu conheço e confesso que não tenho muita paciência e que por isso às vezes nem pergunto: "Então, está tudo bem?" porque senão em vez de um "Vai-se andando e contigo?" sai um "eh tem dias, hoje até estou com uma dor no estomâgo, não sei o que comi que me fez mal, se calhar foi dos pessêgos, comi pra aí um quilo, gosto tanto que começando a comer não consigo parar, vou ter que ter cuidado com a comida e fazer um chá de s. roberto, estou mesmo mal, já não me lembrava de me doer assim tanto o estômago."

Ufa, que nunca mais chegava ao Porto, eheh.
Reply

Alician

  2 months ago
Também conheço mas,que me desculpem, evito-as, detesto conversa de circunstância .Mau feitio, o meu. :(
0 comments

Jesy81

  3 months ago
Uma ex colega do trabalho explicava e contava tudo ao pormenor.... acabava por ter 5 historias dentro do mesmo assunto assim tipo o filme Pulp Fiction...
1 comments

TolunaPortugal

  3 months ago
Conheço muitas, se ficarmos em silêncio fica ainda mais complicado! :P
1 comments

rosachoque

  3 months ago
Sim, conheço, a minha mãe. Cada vez que falo com ela ao telefone, é mais de uma hora e praticamente, é sempre ela a falar..."de maneira que" (essas pessoas gostam muito de usar esta frase, eheheh) não falamos todos os dias se não estava sempre agarrada ao telefone.
Mas eu também já dei por mim a ter necessidade de explicar mais do que o necessário...não sei, é para a pessoa perceber melhor o que sinto e para a conversa não ficar assim sem sal...no meio é que deverá estar a virtude, nem 8 nem 80. ;)
1 comments

ElsaTS

  3 months ago
Ai credo, conheço uma pessoa assim e até me dá ânsias :-D Cada vez que menciona uma pessoa (que eu não conheço) fico com o historial completo de onde estudou e onde mora e com quem vive e quem é a família. Pior ainda, é que com tantas voltas e reviravoltas o tema inicial da conversa acaba sempre perdido e a história inacabada.
1 comments

anaantonio

  3 months ago
Ui, Ui !!! conheço poucas.
Quanto menos tempo tenho, mais conversa me dão.
Mas como sou um coração mole, ouço sempre até ao fim com um sorriso nos lábios.
Penso muitas vezes que tanta conversa se deve à falta de alguém com quem estarem.
O que pretendem é sentir-se acompanhadas.
Sempre que eu possa darei esse tempo a quem precise, mesmo que muitas vezes não seja fácil.
1 comments

afradinho

  3 months ago
eish…. é de fugir…. ihihihih
1 comments

muriela_nancy

  3 months ago
ahahahah há tanta gente deste estilo xp Fugir destas pessoas é o remédio ahahah as vezes, tem piada.
1 comments

AnaRibeiro1980

  3 months ago
Já me ri com o teu tópico Maribel! :D Conheço algumas pessoas assim e tenho vontade de fugir logo! Hihihihihi
1 comments

Copied to clipboard

You’re almost there

In order to create content on the community

Verify your Email / resend
No thanks, I’m just looking

OK
Cancel
We have disabled our Facebook login process. Please enter your Facebook email to receive a password creation link.
Please enter a valid Email
Cancel
We're working on it...
When you upload a picture, our site looks better.
Upload