Share Poll

Poll link

500 px
350 px
250 px
Preview

widget preview:

Width - px Height - px

Close preview
! You are using a non-supported browser Your browser version is not optimised for Toluna, we recommend that you install the latest version Upgrade
Our Privacy Notice governs your membership of our Influencer Panel, which you can access here. Our website uses cookies. Like in the offline world, cookies make things better. To learn more about the cookies we use, check out our Cookies policy.

ClaRibeiro

  1 month ago

Hooters volta atrás em decisão polêmica sobre uniforme de funcionárias

A rede de restaurantes Hooters voltou atrás em uma polêmica decisão: a de diminuir ainda mais os shorts das garçonetes que trabalham nas lojas da marca. Depois de críticas das próprias funcionárias a respeito do novo uniforme, a companhia afirmou ao Business Insider em nota que, "à medida que avança na missão de atualizar a imagem das 'Hooters Girls', elas têm a opção de escolher entre uniformes tradicionais ou novos".

Mas afinal, do que se tratava a mudança? Em linhas gerais, seria a substituição dos shorts das garçonetes por algo parecido com uma calcinha, ou com a parte de baixo de um maiô. Depois de críticas ao novo uniforme — inclusive feitas pelas próprias funcionárias da rede — alcançarem o TikTok, com um único vídeo alcançando 1,9 milhão de curtidas, o Hooters resolveu dar um passo atrás.

Ainda segundo a nota enviada ao Business Insider, a empresa decidiu tomar a decisão de abrir a possibilidade de escolha a respeito do que melhor se encaixar "no estilo corporal e imagem pessoal" de cada uma delas.

Vale lembrar que a Hooters sempre teve o estereótipo de ser uma rede focada em trazer mulheres em roupas sensuais (contando, em grande medida, que isso colaboraria para atrair a clientela masculina), mas recentemente enfrentou problemas financeiros para continuar. Em 2019, a rede encerrou as atividades no Brasil, como parte da redução global do número de restaurantes da marca.
Se em 2000 eles eram quase 400 restaurantes, em 2011 esse número já tinha sido reduzido em quase 25% e, em 2016, mais 7% das unidades foram fechadas.


Fonte: Exame

Rede famosa por decorações esportivas e garçonetes usando shorts curtos e blusas decotadas...

Imagino como o foco na aparência física trazem conseqüências negativas para a saúde mental das funcionárias...mas enfim, a aceitação de um trabalho do tipo, já pressupõe conhecer as regras do jogo.
Reply
Post

Cgualter5974767o59

  1 month ago
Complicado Reply
0 comments

scmcervo

  1 month ago
Bom trabalhar na empresa já sabe o que espera Reply
0 comments

Copied to clipboard

You’re almost there

In order to create content on the community

Verify your Email / resend
No thanks, I’m just looking

OK
Cancel
We have disabled our Facebook login process. Please enter your Facebook email to receive a password creation link.
Please enter a valid Email
Cancel
We're working on it...
When you upload a picture, our site looks better.
Upload